Pular para o conteúdo
Voltar

Defensor ministra palestra sobre dependência química para cerca de 150 estudantes em Canarana

Na última segunda-feira (dia 27), o defensor público André De Santi, coordenador do Núcleo de Canarana, ministrou uma palestra sobre os perigos das drogas para aproximadamente 150 alunos da Escola Pública Estadual 31 de Março
Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

A | A

Na manhã de segunda-feira (27), em referência ao Dia Internacional de Combate às Drogas, celebrado no dia 26 de junho, o defensor público André De Santi ministrou uma palestra sobre dependência química para cerca de 150 alunos da Escola Pública Estadual 31 de Março, em Canarana (823 km de Cuiabá).

“Todas as convenções internacionais a respeito do assunto indicam a dependência química como um problema social e de saúde pública. Sob esse aspecto, a melhor forma de abordar o problema é considerando que apenas com programas e atividades de longo prazo, fomentadas pelo Estado e pela sociedade, será possível alcançar objetivos no longo prazo”, afirmou.

Segundo o coordenador do Núcleo de Canarana, ter acesso a essas informações durante a juventude é muito importante para esses estudantes, pois pode fazer a diferença em suas decisões e escolhas na vida.

“Hoje, buscamos levar um pouco dessa realidade aos jovens, explicando sobre toda a dimensão que envolve as drogas e os problemas que dela decorrerem. Estamos plantando uma pequena semente hoje que certamente dará frutos no futuro”, pontuou De Santi.

A palestra foi realizada em um auditório cedido por uma instituição financeira e contou com a presença de seis turmas da escola, totalizando cerca de 150 alunos.