Pular para o conteúdo
Voltar

Defensoria Pública e Escola Superior promovem evento sobre os 16 anos da Lei Maria da Penha na segunda-feira (8)

O seminário “16 Anos da Lei Maria da Penha – Avanços e Retrocessos” ocorrerá na segunda-feira (dia 8), a partir das 8h30, em alusão ao aniversário da sanção da Lei Maria da Penha; o evento, aberto ao público em geral, será híbrido – presencialmente, na sede da DPMT, em Cuiabá, e online, via Zoom
Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

Esdep-MT
A | A

Na próxima segunda-feira (8), a partir das 8h30, será realizado o seminário “16 Anos da Lei Maria da Penha – Avanços e Retrocessos”, em alusão ao aniversário da sanção da Lei Maria da Penha, dia 7 de agosto. O evento, promovido pela Defensoria Pública de Mato Grosso e pela Escola Superior, ocorrerá no auditório Rejane Iara Snidarsis, na sede da DPMT, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá, e será aberto ao público. Também é possível participar virtualmente, via Zoom (clique aqui para acessar a sala virtual).

“Além da discussão sobre avanços e desafios da Lei Maria da Penha, teremos na ocasião a feira da Economia Solidária, com mulheres empreendedoras. E, também, em memória dos variados eventos que já aconteceram no Estado pelos direitos humanos das mulheres, teremos uma exposição de camisetas, para que a história de mulheres se faça presente”, revelou a defensora Rosana Leite, coordenadora do Núcleo de Defesa da Mulher (Nudem), e uma das organizadoras e palestrantes do evento.

Segundo a defensora, a violência doméstica e familiar deve ser debatida por toda a sociedade, principalmente pela Defensoria Pública, que faz parte da rede de proteção e atenção às mulheres, conforme o artigo 8 da Lei Maria da Penha.

De acordo com a programação, o seminário contará também com as palestras da defensora Samantha Vilarinho, coordenadora estadual de promoção e defesa dos direitos das mulheres da Defensoria Pública de Minas Gerais, da assistente social Elis Prates, coordenadora do Fórum Mulheres Negras de Mato Grosso, e da professora Elaine Pimentel Costa, doutora em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco.

“As discussões sobre a violência doméstica e seu combate são de suma importância para a Defensoria, mormente considerando a função da Defensoria Pública de promoção dos direitos humanos. Esse debate sempre terá espaço dentro da Esdep, uma vez que a capacitação dos membros e a educação em direitos nesta área é especialmente importante para todos nós”, ressaltou o defensor Fernando Soubhia, diretor da Escola Superior da Defensoria Pública de Mato Grosso (Esdep-MT).

O seminário, aberto ao público em geral, será híbrido – presencialmente, no auditório Rejane Iara Snidarsis, na sede da Defensoria Pública, e virtualmente, via Zoom, por meio do link: https://us06web.zoom.us/j/85903526177 (não é necessário cadastro prévio; basta entrar na sala virtual para participar).

“O evento de segunda-feira será comemorativo ao aniversário da Lei Maria da Penha. Então, nada mais justo que tivéssemos um evento dedicado para o debate exclusivo do combate à violência doméstica e a efetividade da implementação da lei nesses últimos 16 anos”, pontuou Soubhia.