Pular para o conteúdo
Voltar

Defensoria recebe reforma do Pantanal Business, que vai unificar Núcleos Cíveis de Cuiabá

O primeiro subdefensor-geral, Rogério Borges Freitas, participou da entrega da reforma do Pantanal Business, na avenida do CPA, que vai unificar todos os Núcleos da área cível da capital, que atualmente estão espalhados em diferentes pontos na mesma avenida; a previsão é de que até o fim de abril o prédio seja inaugurado para o atendimento à população
Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

Arquivo/DPMT
A | A

Na tarde desta sexta-feira (13), com a presença do primeiro subdefensor-geral, Rogério Borges Freitas, foi entregue a obra de reforma do Pantanal Business, na avenida Historiador Rubens de Mendonça (av. do CPA), que vai unificar todos os Núcleos da área cível de Cuiabá, que atualmente estão espalhados em diferentes pontos da mesma avenida.

As próximas etapas são a instalação dos móveis planejados, realização da pintura artística e finalização da comunicação visual. Segundo Freitas, a previsão é de que até o fim de abril o prédio já esteja de portas abertas para o atendimento à população.

O novo espaço, que vem passando por adequações, terá uma recepção ampla, que pode abrigar confortavelmente mais de 300 pessoas, com maior acessibilidade para os cidadãos.

O Núcleo Cível da Defensoria de Cuiabá vai ocupar 13 dos 16 andares do prédio, incluindo o térreo, unificando o atendimento dos Núcleos de Iniciais, Cível, Defesa da Mulher, Consumidor, Fundiário, e Segunda Instância Cível, que hoje estão em diferentes pontos na mesma avenida.

A busca por novas instalações para os Núcleos da área cível da capital teve início em fevereiro de 2019, tanto em função da precariedade das condições de trabalho para membros, servidores e estagiários, quanto pelo fato de que muitos cidadãos tinham que perambular por diferentes locais até encontrar o local correto para o seu atendimento.

Com a unificação de todos os Núcleos da área cível em um prédio novo, com boa acessibilidade, linhas de ônibus que passam pelo local, incluindo um ponto a menos de 30 metros, além de uma faixa de pedestre bem em frente, permitindo o deslocamento no sentido oposto, a Defensoria Pública terá um ponto de referência de atendimento em Cuiabá, facilitando a vida do cidadão.

Outros setores administrativos, como Ouvidoria-Geral, Escola Superior, além de áreas administrativas, como a Coordenadoria de Tecnologia da Informação (CTI), Administração Sistêmica (CAS), e Unidade de Inteligência e Segurança Institucional (UISI) também vão funcionar no local.

A assinatura de contrato de locação do imóvel ocorreu em agosto de 2021, quando começaram as adequações no local. A reforma do prédio teve um custo estimado de R$ 3,2 milhões.