Pular para o conteúdo
Voltar

Defensora ministra palestra sobre Lei Maria da Penha para homens que praticaram violência doméstica

A defensora Rosana Leite esteve na Academia de Polícia Judiciária Civil (Acadepol), no dia 23 de novembro, para ministrar uma palestra sobre a Lei Maria da Penha para homens com histórico de violência contra mulheres; a ação fez parte do projeto “Papo de Homem Para Homem”
Alexandre Guimarães | Assessoria de Imprensa/DPMT

Divulgação
A | A

A defensora pública Rosana Leite ministrou uma palestra na Academia de Polícia Judiciária Civil – Acadepol, na manhã do dia 23 de novembro. A ação fez parte do projeto “Papo de Homem Para Homem”, cujo intuito é conscientizar sobre a Lei Maria da Penha e sensibilizar o público masculino sobre os direitos das mulheres.

“Estive na Acadepol a convite do Dr. Jefferson Dias Chaves, delegado de polícia e idealizador do projeto, que se constitui em uma conversa aberta com homens que praticaram violência doméstica e familiar contra mulheres”, explicou Rosana.

Uma das disposições da Lei Maria da Penha diz respeito ao atendimento da vítima. As mulheres em situação de violência doméstica ou familiar têm direito ao atendimento policial e pericial especializado, ininterrupto e prestado por servidor previamente capacitado. Os servidores públicos responsáveis pelo atendimento devem ser, preferencialmente, de sexo feminino.

“Expliquei a eles a origem da Lei Maria da Penha e sobre a respectiva aplicação. A interação foi satisfatória, já que muitos mencionaram dúvidas sobre a aplicabilidade da norma. Foi importante falar um pouco sobre os movimentos de mulheres, também, explicando sobre a necessidade de leis a garantirem os direitos humanos das mulheres”, ressaltou a defensora.